quarta-feira, 16 de julho de 2008

Cursos de formação e de extensão para radialistas na Paraíba

A Abraço PB e CEFET-PB estão lançando curso profissional de radialismo para formar profissionais para área de Rádio e Televisão - conforme a Lei nº 6615/78 -, oferecendo ao mercado de trabalho profissionais habilitados para o exercício da profissão (notadamente, visando a capacitação de radialistas comunitários).

Os alunos inscritos que fazem parte de rádios comunitárias filiadas à Abraço PB terão prioridade na inscrição e pagarão taxa simbólica de R$ 10,00 (dez reais) mensais. As inscrições estão abertas desde o último dia 9 de julho.

A Abraço PB também foi procurada pela Universidade Estadual da Paraíba, através do seu curso de Comunicação Social, para prestar orientações nos contatos com as rádios comunitárias do estado. De acordo com o professor Luiz Custódio, coordenador do curso, a parceria terá como objetivo a boa execução do projeto de extensão que irá capacitar os recursos humanos das rádios comunitárias.

DIREITO DE RESPOSTA
A Associação requereu direito de resposta com fundamento na Lei de Imprensa (Lei 5.250/67), e na Constituição Federal (art. 5º, V: "É assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo"), a respeito da matéria publicada no jornal Correio da Paraíba, na edição do dia 05/06/2008, entendendo que o conteúdo ofende a dignidade dos radialistas comunitários e as entidades de radiodifusão comunitária, aos quais representamos. Na matéria (paga por uma entidade não identificada - provavelmente a Abert), os radialistas comunitários são responsabilizados pela "desestruturação social e o aumento da violência".

NOVA SEDE
A Abraço PB está instalada em nova sede em João Pessoa, no Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil. A organização não governamental Amazona doou um computador, uma impressora, uma mesa, seis cadeiras, um birô e um ventilador. Desde o último dia 07/07, a entidade cumpre expediente das 9 às 11 horas, diariamente.

VITÓRIA
A Rádio Comunitária de Lagoa de Dentro (PB) obteve grande vitória com a concessão outorgada pelo Ministério das Comunicações, com apoio decisivo da Abraço PB. A comunidade local está eufórica com sua rádio popular, sabendo-se dos benefícios que uma rádio local traz à vida de pessoas pobres e que não têm espaço em outros veículos de comunicação.

6 comentários:

francisco de assis santos disse...

Somos da ACCOMC "José Pereira da Silva" Rádio Comunitária Sambaiba FM localizada em Floriano - PI e Parabenizamos todos os companheiros de Lagoa de Dentro-PB pela importante conquista para o processo de democratização dos MCS. Infelizmente por conta de muita perseguição por parte da ANATEL e PF não conseguimos ainda, mas nossa comunidade continua na luta. Desde 2003 enviamos manifestação de interesse ao MC que somente deu retorno em 2007 informando que o processo foi arquivado por existir uma estação autorizada a menos de 4 Km (regra definida em 2004)segundo eles. Atuialmente nosso dirigente na época encontra-se respondendo processo na Justiça Federal denunciado por uso clandestino de radiodifusão.
Somos Filiados à ARCEPI e queremos ajuda e orientação da ABRAÇO.

Liberdade de expressão e comunicação sim
Repressão não
Cnotatos franciscoade@yahoo.com.br / franciscoade@gmail.com.br

Jamille Santana disse...

Estou fazendo meu trabalho de conclusão de curso de Direito sobre a crimininalização das rádios comunitárias, podem me indicar a literatura, autores, pessoas que eu possa levar em consideração

Lucas K. disse...

Não a repressão às radcoms!
Não a campanha do denuncismo das "grandes" emissoras piratas, com suas outorgas vencidas há décadas!
Vejam:
Documentário "Democratização FM".
É só acessar www.youtube.com/lucaskq.
Divulguem!
Abraços à ABRAÇO!

Anônimo disse...

sou de pelotas trabalho na radio mais ouvida comunitaria da zona norte um abraco a todos.

MECENAS disse...

Olá Amigos da Abraço.
Desejo que em 2009 possamos colaborar mais na construção do movimento da ABRAÇO.
Felicidaddes a todos.
MECENAS
ABRAÇO - ES
www.rtvaraca.com.br

Anônimo disse...

Guerreiros e Guerreiras, RESISITR SEMPRE, DESISTIR NUNCA. Aqui em Maracaí(SP),lutamos contra uma rádio comunitária de direito, mas não comunitária de fato, isto é, não é comunitária na prática. É uma rádio dirigida por empresários comerciais e religiosos da Igreja Católica. Há mais de três que3 denunciamos as irregularidades da falsa comunitária no Ministério Público Federal(Procuradoria da República no Município de Assis/SP.Processo-Representação de Nº 1.34.026.000015/2006 desde o dia 17/01/2006 e até hoje(4ªF./04/03/2009)ainda sem resposta. Fone(18)-3302-9200, já entrou uma quarta Procuradora mas, não desistimos da luta e OS AVANÇOS COMUNITÁRIOS CONTINUAM...ABRAÇOSSSS
Maracaí/SP, aos/04/03/2009.
José Antonio-UMAC(www.umac.org.br)
Os políticos também usam a rádio.